remo nature's candy

Exibindo todos 2 resultados

  • Fertilizante Remo Nature’s Candy 1L – Remo Nutrients

    As plantas usam muito magnésio, tendo em vista que este é o átomo central em toda molécula de clorofila, que é essencial para a absorção da luz e fotossíntese. Ele ajuda enzimas a produzirem carboidratos e açúcares, que posteriormente serão transformados em flores. Também neutraliza a acidez do solo e toxinas produzidas pela própria planta. Os sintomas de deficiência de magnésio só começam a aparecer entre a quarta e sexta semana do crescimento. Primeiro as veias das folhas começam a amarelar e pontos marrons surgem na borda e na ponta de folhas mais velhas, enquanto as mais novas permanecem saudáveis. Aos poucos os pontos marrons vão atingindo as outras folhas, até chegarem nas mais novas e fazerem a planta toda parecer doente. A partir deste ponto, as folhas começam a morrer e cair, possivelmente curvando-se antes da queda. Facilmente confundido com: excesso de nitrogênio na forma de amônia, potássio e carbonato de cálcio O enxofre é um composto essencial à formação de proteínas, hormônios e vitaminas essenciais à cannabis. Além disso, é indispensável a muitas células tanto da planta quanto da das sementes. Também é um fator importante na formação de óleos e moléculas que dão sabor. O excesso deste nutriente não trará problemas, exceto quando o EC do solo estiver acima do recomendado. Já a deficiência costuma ser mais comum, fazendo as folhas ficarem amarelas ou verde-limão. Se a deficiência não for controlada, a ponta das folhas chegam a queimar, encurvar para baixo e até cair. Também podem aparecer listras roxas no caule da planta e até fazê-lo adquirir aspecto de graveto, alongado e amadeirado. A falta deste componente reduz e enfraquece a produção de buds e diminui o tempo de vida da planta. Facilmente confundido com: deficiência de nitrogênio, magnésio e ferro O ferro é um nutriente fundamental ao sistema enzimático das plantas, auxiliando, inclusive, no transporte de elétrons durante a fotossíntese, respiração e produção de clorofila. É através dele que a planta consegue utilizar a energia concebida pelos açúcares, além de ainda acelerar a produção de clorofila. Também é necessário para a assimilação de nitrato e sulfato pelo grow. O primeiro sintoma de deficiência de ferro é o amarelamento entre as veias da folha. Esta descoloração ocorre primeiro na base das folhas mais novas, ou seja, no lado oposto da ponta. Gradualmente a coloração amarela se espalha até o restante da planta, chegando a atingir as folhas mais velhas também. Em casos agudos de deficiência de ferro, as folhas podem necrosar e até cair. Todos os indícios de falta de ferro são semelhantes à falta de magnésio, porém, neste caso, as folhas mais velhas são as primeiras atingidas, ao invés das mais novas.
    R$ 403,95 Add to cart
  • Fertilizante Remo Nature’s Candy 250ml – Remo Nutrients

    As plantas usam muito magnésio, tendo em vista que este é o átomo central em toda molécula de clorofila, que é essencial para a absorção da luz e fotossíntese. Ele ajuda enzimas a produzirem carboidratos e açúcares, que posteriormente serão transformados em flores. Também neutraliza a acidez do solo e toxinas produzidas pela própria planta. Os sintomas de deficiência de magnésio só começam a aparecer entre a quarta e sexta semana do crescimento. Primeiro as veias das folhas começam a amarelar e pontos marrons surgem na borda e na ponta de folhas mais velhas, enquanto as mais novas permanecem saudáveis. Aos poucos os pontos marrons vão atingindo as outras folhas, até chegarem nas mais novas e fazerem a planta toda parecer doente. A partir deste ponto, as folhas começam a morrer e cair, possivelmente curvando-se antes da queda. Facilmente confundido com: excesso de nitrogênio na forma de amônia, potássio e carbonato de cálcio O enxofre é um composto essencial à formação de proteínas, hormônios e vitaminas essenciais à cannabis. Além disso, é indispensável a muitas células tanto da planta quanto da das sementes. Também é um fator importante na formação de óleos e moléculas que dão sabor. O excesso deste nutriente não trará problemas, exceto quando o EC do solo estiver acima do recomendado. Já a deficiência costuma ser mais comum, fazendo as folhas ficarem amarelas ou verde-limão. Se a deficiência não for controlada, a ponta das folhas chegam a queimar, encurvar para baixo e até cair. Também podem aparecer listras roxas no caule da planta e até fazê-lo adquirir aspecto de graveto, alongado e amadeirado. A falta deste componente reduz e enfraquece a produção de buds e diminui o tempo de vida da planta. Facilmente confundido com: deficiência de nitrogênio, magnésio e ferro O ferro é um nutriente fundamental ao sistema enzimático das plantas, auxiliando, inclusive, no transporte de elétrons durante a fotossíntese, respiração e produção de clorofila. É através dele que a planta consegue utilizar a energia concebida pelos açúcares, além de ainda acelerar a produção de clorofila. Também é necessário para a assimilação de nitrato e sulfato pelo grow. O primeiro sintoma de deficiência de ferro é o amarelamento entre as veias da folha. Esta descoloração ocorre primeiro na base das folhas mais novas, ou seja, no lado oposto da ponta. Gradualmente a coloração amarela se espalha até o restante da planta, chegando a atingir as folhas mais velhas também. Em casos agudos de deficiência de ferro, as folhas podem necrosar e até cair. Todos os indícios de falta de ferro são semelhantes à falta de magnésio, porém, neste caso, as folhas mais velhas são as primeiras atingidas, ao invés das mais novas.
    R$ 101,00 Add to cart